Plantio da safra 2021/22 segue apresentando boa evolução até o momento

As primeiras semanas de outubro registraram chuvas em boa parte do Brasil que favoreceram o avanço das máquinas em regiões mais adiantadas e também o início dos trabalhos onde o produtor ainda esperava melhora da umidade para começar a semear a safra 2021/22 de soja.

Imagem: Envato


Com as previsões sinalizando boas precipitações segundo os pesquisadores do Cepea o plantio chegou a ser interrompido na região Sul do país devido à alta umidade, no Sudeste e Centro-Oeste os produtores avançaram com o plantio mesmo com as chuvas irregulares, já na região do MATOPIBA houve uma umidade maior nos últimos dias favorecendo o início do plantio.

Devido ao bom índice de chuvas houve uma evolução na semeadura, com isso foi superado o percentual no mesmo período do ano passado, além disso os números ficaram acima da média de um histórico dos últimos cinco anos apresentando um número de 9,1%. No Mato Grosso, o plantio é de 21%, contra média de 14,2%, no Paraná, a área ocupa 19% do esperado, abaixo da média de 25,2%, desta forma atualmente o plantio da safra 2021/22 no Brasil está com 9,8% da área esperada até o dia 08 de outubro de acordo com o levantamento de SAFRAS & Mercado.

O plantio do milho verão, por sua vez, chegou a 1/3 da área estimada para o Centro-Sul do Brasil segundo relatório da Céleres/Abramilho, a semeadura perdeu o ritmo no Sul devido ao excesso de umidade, mas as lavouras se desenvolvem bem. Em São Paulo e Minas Gerais com as chuvas registradas nas últimas semanas e a melhora da umidade do solo os produtores começaram a colocar as plantadeiras em campo.

Imagem: Envato


Fontes: Abramilho/Cepea/SAFRAS & Mercado.

[PDF]-BOLETIM-ZEUS AGROTECH [OUT 2021]
.pdf
Download PDF • 52.92MB

23 visualizações